Seguidores

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

QUANDO UM AMOR ACABA


O que direi à vida
quando o novo dia amanhecer
e ao meu lado teu rosto amado 
eu não enxergar
Quando os raios do mesmo sol
que por aí te ilumina,
na solidão de tua partida
vier sutil me ver chorar 
Sofro culpada e abatida
amargando esta ferida
que em meu peito
eu mesma fiz rasgar
Perdi o tato
sem tua mão na minha 
pois nem a lembrança de tua pele macia
faz despertar os sentidos
que tua ausência fez apagar
O que farei ao perceber
que hoje a minha cama vazia
não passa de uma pedra dura e fria
na qual um corpo inerte habita
sem ao se queixar
Meus olhos cegam 
e o silencio cala 
até o ar que eu respiro de repente, 
sem ti pára 
Hoje sou a tristeza 
que em mim se aplaca 
pois privada de teu amor ou mesmo, 
de tua simples presença 
não passo de um espírito frio, 
desabitado e obscuro
vivendo em um vagar 
sem ter um alguém para amar.

By : Janna Teixeira 

"O amor é um não sei quê, que surge não sei de onde e acaba não sei como" (Madeleine Scudery)


2 comentários:

  1. Adoro seus poemas amiga!! Sempre guardo na minha mente suas frases.Sempre tão cheias de sentimentos.

    ResponderExcluir