Seguidores

domingo, 10 de junho de 2012

Quer namorar comigo?


Recebi teu bilhete, e o li
com o entusiasmo de quem ganha sozinho na loteria, 
absorvi tuas palavras, 
tentei colher nelas teu sentimento
Beijei aquele pedaço de papel
como se nele conseguisse sentir o calor de teus lábios
toquei com ele minha face
absorvi teu aroma
te fiz sentir em minha emoção
Soletrei letra a letra teu recado
e percebi em meu peito a força daquela paixão
Corri sem destino enfeitiçado, 
desatinado, irradiando felicidade, 
precisava te encontrar com urgência
em qualquer lugar dessa cidade...
Mil palavras passaram por minha mente
tantas vezes ensaiara o que diria
quantos versos eu tinha lhe preparado
para contar tudo que sentia  
e sem uso eles foram um a um guardados
pois refém de minha fraqueza
me resguardei nas sombras da covardia
De longe te destaco dentre muitos na multidão
olhos negros, sorriso na cara, cabelo cacheado
mais parecia miragem ou ilusão...
Desde a primeira vista por ti fiquei encantado
e hoje, nesta véspera do dia dos namorados
teu bilhete, que agora está amassado
trazia escrito no verso um simples pedido,
acompanhado por eu te amo,
- QUER NAMORAR COMIGO?


"TÃO BOM MORRER DE AMOR E CONTINUAR VIVENDO" (MARIO QUINTANA)

Por: Janna Teixeira à todos os primeiros amores e aos grandes enamorados





6 comentários:

  1. olá jannaina!!
    lindo poema...e sinceramente,a forma que tu escreve,dá a impressão real da força do primero amor...todos passam por essa fase,e digamos que é um calor diferente!!eu sou sincero,ainda espero encontrar um amor que ultrapasse os limites da física!!!que seja único e sutil e ao mesmo tempo feroz e implacavel!!!abraço jannaina!!

    ResponderExcluir
  2. Oi Victor, sempre coloco minhas emoções no papel, tento recordar ao máximo do que senti em certas ocasiões e transporto para o poema, utilizando um novo enredo, mas sempre alicerçado em minhas emoções...
    Um grande abraço, que o cupido te acerte em cheio e em breve!

    ResponderExcluir
  3. Respostas
    1. Obrigado pelo apoio ao blog, volte sempre que desejar!
      Beijos e um feliz dia dos namorados para ti!

      Excluir
  4. Oi, Janna! Me atrasei bastante dessa vez. Lindo poema especial de Dia dos Namorados. Meu primeiro amor não foi muito bom porque não tive coragem de me declarar. rs Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sérgio, estava com saudades... Bem que poderias ser o protagonista de meu texto, já que ele também não teve coragem de se declarar... E se não fosse a atitude de sua grande paixão, prosseguiria pela vida incógnito.
      Kisses...

      Excluir